Segunda-feira, 2 de Julho de 2007
Back to the basics
Ainda a propósito do Estado sem impostos, defendido pelo João Miranda no Blasfémias, não deixa de ser deliciosamente irónico reparar que o blogue mais liberalmente capitalista de Portugal acaba a defender o modelo de Estado de Tuvalu, uma sociedade onde 70% dos habitantes ainda vivem numa economia recolectora pré-capitalista e os poucos trabalhos assalariados que existem são assegurados pelo Estado. É nisto que dão as ortodoxias. Com o tempo, degeneram de tal forma que já nem se percebe bem o que defendem.

publicado por Pedro Sales às 10:45
link do post | comentar |

Comentários:
De Mário Tomé a 3 de Julho de 2007 às 00:00
Mas achas, meu caro, que o tipo quer acabar com o Estado? nada mais falso. E depois quem é que privatizava a água e o ar e quem é que dava porrada no pessoal quando ele se puser a fancos e começar a dar neles a sério?
Desculpa a linguagem "vulgar", mas para essa malta já não há pachorra.
Eu sei que tu não falas para ele.
E eu também não...
Abraço


De zirpelino a 2 de Julho de 2007 às 16:14
Eles também gostavam de saber que ideias defendem. São mais é do contra.


De samuel a 2 de Julho de 2007 às 14:05
O que é obra é ler ou comentar João Miranda sem ter "uma coisinha má" de tanto rir.


De L. Rodrigues a 2 de Julho de 2007 às 11:41
E depois ainda dizem mal de Rousseau, e do seu "bom selvagem"...


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds