Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007
Porreiro, pá (já não temos que aturar os polacos e metemos o referendo na gaveta)


publicado por Pedro Sales às 20:17
link do post | comentar |

Comentários:
De MarioMC a 25 de Outubro de 2007 às 20:32
Só faltou mesmo o manguito off-screen do Sr. Sócrates ao Referendo à Sra. Democracia.


De Anónimo a 25 de Outubro de 2007 às 17:05
Lino José: "Constituição comunista de 1975"?!!


Onde é que você estava nessa altura? A pôr bombas do MDLP? A assassinar o Padre Max ou os arquitectos progressistas da Câmara do Porto? A assaltar e incendiar sedes de Partidos de Esquerda no Norte de Portugal? A conspirar pelo regresso dos "democratas" Marcello e Spínola ao Poder pela força das armas?


Dedique-se mas é à pesca e cuide da azia! E um chazinho logo ao acordar também não lhe fará mal nenhum...


Respeitosamente,


Sabes quem semos...


De Paulo Mouta a 23 de Outubro de 2007 às 01:40
Antes de mais peço desculpa aos autores deste blog pelo texto que se segue e que vou tentar resumir ao mínimo possível.
A personagem de Sr. Lino José que vai largando aqui e ali textos revela o estado actual da humanidade. Existe um ressabiamento deste senhor com a esquerda portuguesa que ele não consegue entender, não quer entender a chega mesmo a odiar. Como bom democrata que é. Efectivamente a esquerda e nomeadamente os partidos comunistas têm um fardo muito pesado da história e carregam os crimes de se terem tornado fascizantes. O culto da personalidade, o militarismo, a opressão, o impedimento de movimentos de autêntica visão progressista como o da Checoslováquia e Hungria (a experiência Jugoslava nunca se submeteu a Moscovo mas infelizmente a mentalidade nacionalista destruiu este grande país). O Sr. Lino José tem todos estes trunfos que vai lançando a cada texto. Sempre os mesmos porque não existem outros. Mas caro Lino, a História conta-se percebendo todas as partes. E como o Sr. está desviado do que é a esquerda actual. porventura quer a toda a força que essa esquerda seja a do seu discurso. Mas não é. Mas mesmo que fosse, e mesmo com todos esses regimes criminosos às costas esses crimes não se comparam ao que esta via liberal globalizante provoca no mundo com dois terços da população mundial a viver abaixo do limiar da pobreza. EUA e URSS tiveram intervenções criminosas um pouco por toda a África, Ásia e América Latina. Locais onde séculos de colonialismo, décadas de guerra, outras décadas de guerra fria e de regimes fraudulentos fantoches quer de um quer de americanos quer de russos e de espoliação total de riquezas naturais, conduziram aqueles povos onde hoje os encontramos.
Sr. Lino José, eu recordo-lhe o dia trágico que foi o 11 de Setembro, não aquele em que porventura pensou, outro mais longínquo em que foi derrubado o primeiro governo de esquerda eleito democraticamente no Chile. E foi forçado ao suicídio Salvador Allende pelas forças do imperialismo americano. Faça-se a sua vontade, na África muitos líderes foram manipulados por Moscovo e seus partidos considerados marxistas. Mas caro Lino, o MPLA de Angola, que era um deles, há muitos anos pertence à internacional socialista do seu grande líder Sócrates. E só quando morreu Savimbi Angola teve paz. Já democracia é outra história.
A esuqerda dos nossos dias é uma esquerda criada nestas contradições e que não pode fingir ser democrática ao contrário do liberalismo. Hoje a esquerda não pode existir sem que o ideal da democracia e da liberdade apareçam pois a esquerda de hoje é um ideal sob suspeita constante. A esquerda moderna é a que vai despontando na América latina. E não me atire demagogicamente com Cuba pois esse é um caso à parte para o qual não existe espaço nestas linhas. Mas temos a Venezuela, a Nicarágua (tantos anos em guerra com os Sandinistas e não fizeram mais que alargar a miséria) onde a FSLN voltou ao poder por voto do povo. No equador, mesmo no Brasil temos o examplo de um PC que contribui para a governação. A esquerda moderna é a que está em movimento na Alemanha, na Itália, mesmo em Espanha onde o PC está morto e enterrado, na França, na República Checa e em muitos outros países. E já agora aconselho-o a ler os textos fundamentais saidos dos congressos ou convenções da esquerda portuguesa que tanto insulta. O BE e a Renovação comunista são movimentos heterogéneos que não podem existir sem o conceito básico e primário de democracia. Quanto ao PCP o Sr. nada sabe e apenas diz asneira atrás de asneira. Contudo tem na sua história e no seu presente contradições que o tornam um partido assustadoramente coerente. Falta ao PCP a demarcação em absoluto dos crimes dos regimes que em tempos apoiou e alguns ainda hoje apoia (Coreia do Norte). No entanto o PCP tem no seu programa algo surpreendente. A igualdade na economia entre as três formas de propriedade, pública, cooperativa e privada. Caro Lino, ler não faz mal. Talvez faça afastar um pouco esse ódio que só lhe faz mal. Além disso o ódio é justamente o factor impulsionador desses tais regimes que o senhor tanto condena.


De Tárique a 22 de Outubro de 2007 às 14:24
Desprezo essa gente e acho que, enquanto fomentadores de uma ideologia que vai contra TODOS os direitos humanos, deviam de estar no mesmo sítio onde está o dirigente do PNR !
Em que sítio? No colégio Planalto da Opus Dei, a dar aulas de Educação Visual a crianças de 11 anos (http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=33886)?


De Tárique a 22 de Outubro de 2007 às 14:19
Desprezo essa gente e acho que, enquanto fomentadores de uma ideologia que vai contra TODOS os direitos humanos, deviam de estar no mesmo sítio onde está o dirigente do PNR !

A dar aulas de EVT no colégio da Opus Dei?


De Lino José a 21 de Outubro de 2007 às 02:04
Gostaria de saber se a Constituiçao comunista de 1975 foi referendada, e se algum hipócrita dos que hoje andam para aí a pregar democracia fez questão que o fosse.

Eu quando ouço Hipócritas como os Jerónimos de Sousa e restante comunalhada falar em "democracia" e respeito "pela vontade do povo" dá-me vontade de vomitar !

Onde estava a voz deles durante os anos de terror comunista na Ex-União Soviética ? Onde estavam eles aquando da invasão da Checoslováquia ? Que disseram eles contra os Gulags ?

Desprezo essa gente e acho que, enquanto fomentadores de uma ideologia que vai contra TODOS os direitos humanos, deviam de estar no mesmo sítio onde está o dirigente do PNR !

Pelos mesmíssimos motivos !

A presença dessa gente num Parlamento democrático, a viveram que nem nababos à custa de uma democracia que eles sempre desprezaram, e a comandarem na sombra manifs de desestabilização politica, que não de luta pelos trabalhadores, como sempre fizeram desde o 25 de abril, é um insulto a todos os verdadeiros democratas !

Abaixo o Comuno-Fascismo !

Abaixo a esquerda reaccionária demagoga e estúpida deste país


De Moriae a 21 de Outubro de 2007 às 01:24
Obrigada... via Arrastão "apanhei" e juntei ao canto das baleias.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds