Quinta-feira, 28 de Junho de 2007
Por este andar, qualquer dia nem se pode fazer piadas sobre o motorista do Sócrates
Directora de Centro de Saúde demitida por não retirar cartaz "jocoso" sobre Correia de Campos.

Actualização: O assunto é bem mais grave do que parece. No mesmo dia em que a directora foi exonerada, o Governo nomeou para o mesmo cargo o vereador do Partido Socialista na Câmara Municipal de Ponte da Barca, Ricardo Armada. Como se já não fosse suficiente a censura e perseguição por delito de opinião, como aconteceu na DREN, tudo aponta para que a demissão seja mais um lamentável exemplo de "jobs for the boys". O despacho do Diário da República pode ser consultado aqui.

publicado por Pedro Sales às 18:30
link do post | comentar |

Comentários:
De Pablo Pichasso a 30 de Junho de 2007 às 13:20
Já percebemos que actualmente o nosso emprego pode estar em risco quando nos entretemos a fazer piadas ou a contar anedotas que envolvam membros do governo.
Devemos por isso procurar encontrar novas estratégias com vista a despistar as autoridades e mesmo a “bufaria”.
Há já quem sugira recorrermos ao velho sistema utilizado pela espionagem ou mesmo pelas organizações civis e politicas em tempos de ditadura e fascismo, ou seja, usarmos nomes de código. Existe mesmo uma proposta inicial.


De Pedro Sales a 29 de Junho de 2007 às 13:03
Jorge,

O Ricardo Armada candidatou-se, há seis anos, nas listas do PP e foi eleito para a Assembleia Municipal. Nas últimas eleições não houve nenhuma coligação PS-PP, houve alguns elementos do PP que entraram numa lista socialista - o que é bem diferente. Tudo o que disse está correcto. Ricardo Armada é um vereador socialista e foi nomeado - no mesmo dia, repare - pporque uma dirigente do centro de saúde não agiu como uma comissária política do governo.

O site da Câmara, aliás, não engana.


De Jorge a 29 de Junho de 2007 às 12:04
O Sr.Ricardo Armada apesar de ser vereador pela Câmara PS é na realidade membro do Partido Popular local. Esta vereação deveu-se à coligação pré-eleitoral que houve entre o PS e PP.


De Raposa Velha a 29 de Junho de 2007 às 11:06
Mas que estória rocambolesca! O kit "Nomeação na Hora" já referenciava o telemóvel como imprescindível e passou agora a incluir também a máquina fotográfica [momento PUBlicidade: boneco no Fliscorno :) ].


De maria josé vitorino a 29 de Junho de 2007 às 04:15
Humor (sentido de )
Ainda havemos de o ver à venda nas farmácias em unidoses com a recomendação
SE NÃO USAR TODAS ESTAS DOSES - DÊ AOS POBRES, QUE EMPRESTA AO ESPÍRITO SANTO!

Isto é um caso muito sério. Aliás, vários casos. E o tempo que nos faz perder em melindres de donzela, gasta-o este Governo à socapa em delitos de (isso mesmo que estais a pensar). Eficaz? E revelador.
Como se aplica o conceito de desobediência civil à gargalhada por ver um "superior hierárquico" perder completamente a compostura, ou seja, a noção do ridículo? Quem não consegue ver que a melhor maneira de aumentar as anedotas é proibir uma anedota?
Ora aí está: o que se pretende é aumentar desesperadamente a jocosidade nacional, em privado já se vê. À vista, tudo cinzentinho e conformado.
Depois contamina e há falta de inovação, criatividade, competitividade? Pois há, lá isso... riscos de privatizar exercícios de inteligência. Paciência! Não se pode ter tudo: para obediência, mesmo na inutilidade, sobretudo na inutilidade, a inteligência só atrapalha.
(agradecendo provocação ao Daniel - este é um post do lerdoler.blogspot.com para saudar o Zero!)


De josé manuel faria a 28 de Junho de 2007 às 19:11
Isto vai de mal a pior. Cuidado, muito cuidado.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds