Domingo, 20 de Janeiro de 2008
o mau
Ana Maria Brandão, portadora de cervicalgia e lombalgia degenerativas que a mantêm na cama vai para mais de quatro anos, soube a semana passada que a Junta de Freguesia onde trabalha lhe vai deixar de pagar o ordenado. Depois da Caixa Geral de Aposentações lhe ter negado a reforma antecipada, os 400 euros que recebia da Junta de Freguesia de Vitorino de Piães eram a única forma de sustento de uma mulher que gasta mais de 200 euros mensais em medicamentos.

publicado por Pedro Sales às 23:30
link do post | comentar |

Comentários:
De CristinaGS a 22 de Janeiro de 2008 às 16:38
Simplesmente vergonhoso!


De Anónimo a 9 de Julho de 2008 às 10:37
E eis que de repente, se deu um milagre e a senhora curou-se....

Cortaram-lhe a mama e agora que já näo recebia, curou-se por milagre.

http://quiosque.aeiou.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ae.stories/10517

Vergonhoso.... Vergonhosos säo estes aldrabões a viver à conta de quem trabalha.
Cortem-lhes o dinheiro, e rapidamente se descobre quem está doente de verdade.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds