Segunda-feira, 10 de Setembro de 2007
Saúde, SA
O Governo vai construir 10 novos hospitais através de parcerias público-privado (PPP). Em, pelo menos, quatro dessas unidades a gestão será entregue ao consórcio vencedor. É o caso do novo Hospital de Cascais, um dos 4 primeiros a estar adjudicado, e onde o grupo de saúde da Caixa Geral de Depósitos deverá começar a gerir o actual hospital já este ano.

Depois do Governo sempre ter negado as notícias que davam como certo o encerramento do serviço de oncologia e de SIDA, confirma-se agora que a oncologia de Cascais vai mesmo encerrar. Uma decisão que já mereceu duras críticas da Ordem dos Médicos, recordando que estamos a falar de uma unidade de excelência, sem listas de espera, que presta 4000 sessões de tratamento a 350 novos doentes por ano. Com o seu encerramento, estes doentes vão ser atirados para o IPO, que ainda nem se sabe para onde vai, e para o Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, cujos hospitais registam uma lista de espera superior a seis meses.

O Governo sempre disse que estas parcerias seriam um teste para o SNS. Tinha razão. Este encerramento é apenas um prenúncio do que aí vem. Os serviços mais dispendiosos, como é o caso da oncologia, mas também o tratamento de doenças prolongadas como a SIDA, não interessam aos grupos privados que se candidataram à gestão dos hospitais públicos. Os tratamento são dispendiosos e os doentes permanecem longos períodos hospitalizados. Não são rentáveis, afectam os balancetes de contas, e deixam os senhores administradores ficar mal no relatório financeiro anual. Nesta lógica empresarial são um passivo a despachar rapidamente, de preferência para um hospital com gestão pública. Daqui a uns tempos confirmar-se-á que são estes que têm piores indicadores económicos e meio mundo fingirá estar muito espantada, enquanto vai exigindo mais espaço para os grupo económicos gerirem um negócio de milhões.

publicado por Pedro Sales às 23:06
link do post | comentar |

Comentários:
De Zé Miguel a 11 de Setembro de 2007 às 14:42
O que este governo está a fazer com a saúde é simplesmente nojento! Mais dia menos dia teremos outra grande vaga de emigração, porque por este andar deixa de valer a pena viver em Portugal! Cada vez pagamos mais impostos, e em troca oferecem-nos menos protecção social em todos os aspectos: Saúde, Educação, Segurança Social etc...


De busilis a 11 de Setembro de 2007 às 12:23
Ó Pedro deixa-me relembrar as palavras do grande timoneiro"quem quizer saúde que a pague".


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds