Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008
SIM
Faz hoje um ano que os portugueses votaram “Sim” à despenalização do aborto. Fizeram-no depois de serem bombardeados com a propaganda do costume: vinha aí o aborto livre e a irresponsabilidade congénita das pessoas ia tratar do resto. Como é normal, nada disso aconteceu. A lei começou a ser cumprida, sem sobressaltos e nenhuma agitação. Mais, os números provam que o número de abortos tem sido bem menor do que se poderia prever, com a vantagem de ser prestado em condições de saúde pública e sem a humilhação inquisitorial que perseguia as mulheres. De resto, o gráfico que aqui se mostra é esclarecedor sobre o tipo de companhia que deixámos para trás há um ano. A modernidade passou por aqui. Agora, venha o resto...
Etiquetas:

publicado por Pedro Sales às 13:56
link do post | comentar |

Comentários:
De Rui Carlos Gonçalves a 11 de Fevereiro de 2008 às 20:56
"A modernidade passou por aqui."

Acha que devemos copiar todas as leis do países modernos, é?

"Fizeram-no depois de serem bombardeados com a propaganda do costume: vinha aí o aborto livre e a irresponsabilidade congénita das pessoas ia tratar do resto. Como é normal, nada disso aconteceu."

Parece-me que não foi a única coisa que não aconteceu... Ou esta lei acabou com os abortos clandestinos? Pelo que tenho ouvido dizer, parece que não.


De Cfe a 11 de Fevereiro de 2008 às 22:07
Que eu saiba na Espanha é mais fácil abortar do que Portugal.

E no Brasil não é mais difícil de abortar do que na Argentina.


De PALAVROSSAVRVS REX a 12 de Fevereiro de 2008 às 12:30
Isso é o que eu chamo gonorreia mental, sr. Pedro.

Vai sonhando!


PALAVROSSAVRVS REX


De Anónimo a 13 de Fevereiro de 2008 às 21:27
ó homem, as suas ideias modernaças são muito medievais, no mau sentido da palavra. que pobreza tão confrangedora no pensamento e no discurso.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds