Domingo, 15 de Julho de 2007
Uma dúvida insuportável
As juntas médicas da Caixa Geral de Aposentações parecem, definitivamente, tomadas por uma imbecilidade que escapa ao comum dos mortais. Raro é o dia em que não se conhece a desumanidade de mais uma decisão. Hoje, é o Jornal de Notícias que dá conta de mais um caso marcado por uma gritante desumanidade. O quinto, no curto espaço de um mês.

Não basta que o Governo diga que vai alterar a composição das juntas médicas. É preciso mandar investigar o que tem levado, sempre no mesmo ministério, a Caixa Geral de Aposentações a mandar trabalhar funcionários nestas condições. Até pode ser que tudo não passe de uma trágica coincidência, mas não deixa de ficar uma impressão cada vez mais nítida de que alguém indicou que o ministério pretende ver todos os professores que puder nas escolas. Tem sido esse o discurso público da ministra, aliás, o que só reforça essa ideia. Passar uma esponja por cima destas aberrantes decisões, como se nada se tivesse passado, só contribuirá para reforçar essa convicção.
Etiquetas: ,

publicado por Pedro Sales às 15:24
link do post | comentar |

Comentários:
De dedinho a 15 de Julho de 2007 às 18:06
"ver todos os professores na escola"... Eu não diria isso. Só aqueles que pertencem aos quadros e que têm, por direito, que ser pagos. E mesmo assim... As novas regras para os professores que ficaram sem componente lectiva e as propostas de regulamentação do novo Estatuto da Carreira Docente indicam que, provavelmente, muito em breve, nem esses já terão que ser pagos. Espero enganar-me...


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds