Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008
Forreta mas contente

Perante as críticas da oposição sobre os miseráveis aumentos das pensões, o Governo respondeu com um comunicado onde garante que 90% dos pensionistas mantêm o poder de compra. Se a taxa de inflação for a que calcula Bruxelas (2,7%) nem isso é verdade, mas a reacção do Governo é exemplar porque nos revela que:
  1. 90% dos pensionistas têm reformas abaixo dos 611 euros.
  2. O Governo desistiu de combater a pobreza, renunciando a recuperar o poder de compra das centenas de milhar de idosos que vivem com menos de 300 euros por mês.
  3. A manutenção do inexistente poder de compra dos mais pobres dos mais pobres é quanto basta ao Governo para se congratular com os aumentos concedidos a 1,6 milhões de pessoas que recebem menos do que o salário mínimo nacional.


publicado por Pedro Sales às 09:43
link do post | comentar |

Comentários:
De Filipe Melo Sousa a 5 de Janeiro de 2008 às 21:16
1) Note-se que foram as pensões mínimas que tiveram uma maior taxa de aumento. Ou seja o escalão onde existe a maior proporção de pessoas que não fez descontos em vida, ou seja, que não deveria ter direito a pensão alguma.

2) Aumentar as pensões não cria riqueza nenhuma. Apenas transfere dinheiro de uns cidadãos para os outros.

3) O Sócrates não tem condições para ser forreta nem generoso. Pois ele não está a oferecer o dinheiro dele. Não há mérito nenhum em ser generoso com o dinheiro dos outros.


De cicuta a 4 de Janeiro de 2008 às 15:29
Alem do dito vai ai a minha experiencia pessoal:
A minha mãe tem como única fonte de rendimento uma reforma (incluindo complemento de grande dependência) 650€, paga 1200€ do lar, 220€ de fisioterapia, 100€ de medicamentos, por isso só tem direito a um aumento da pensão de 1,9%.
O problema já vem de traz a minha mãe não tem direito a certos lares pois é rica, não tem apoio para fraldas pois é rica, não tem direito a de apoio da minha ADSE pois é rica…
O meu vernáculo já não dá para apelidar estas bestas…

http://cicuta-fresca.blogspot.com/2008/01/justia-social.html


De samuel a 4 de Janeiro de 2008 às 14:09
Verdadeiramente "pobre" é o espírito deste primeiro ministro...


De josé manuel faria a 4 de Janeiro de 2008 às 12:46
O problema para 2009 será a alternativa a este PM. O PSD não é. Quem será?

O PCP e o Bloco não estão preparados para assumirem essa alternativa.


Comentar post

Zero TV
ZERO DE CONDUTA
Filipe Calvão

José Neves

Pedro Sales

Vasco Carvalho


zeroconduta [a] gmail.com
Indecisão 2008
Subscreva
Zero links
arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Feeds